CPMO realiza ensaio de compactação de solo no laboratório ESALQ-USP

Por Aline Pagliarini, MTB – 74428/SP | 6 de outubro de 2016

O colaborador do setor de Pesquisa em Manejo de Solo e Planta, do Centro de Pesquisa Mokiti Okada (CPMO), Rodrigo Henriques Longaresi, realiza, em setembro, o Ensaio de Compactação de Solo de Proctor Normal. O procedimento ocorreu no Laboratório de Hidráulica do Departamento de Engenharia de Biossistemas, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz, da Universidade de São Paulo (ESALQ-USP).

O ensaio reproduz em laboratório as condições de compactações de solo causadas por tráfego de tratores e maquinários agrícolas no campo. O experimento mostra as compactações em diferentes níveis e aplica as práticas da Agricultura Natural, a fim de avaliar o potencial de recuperação proporcionada pela técnica.

O procedimento foi acompanhado pelas estagiárias do CPMO, Aline Mako Yoshikawa1, Ana Carolina Granghelli Sisti2 e Leila Bonfanti3. Elas foram orientadas pelo técnico de laboratório e Mestre em Ciências pela ESALQ-USP, Gilmar Batista Grigolon.

O trabalho é uma parceria do CPMO com o laboratório e permite a troca de conhecimentos práticos e teóricos, entre os professores e colaboradores das instituições, a fim de viabilizar os estudos sobre a Agricultura Natural.

 

Experimento

O Ensaio de Compactação de Solo de Proctor Normal é um protocolo normatizado pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT). Ele permite a determinação da máxima compactação do solo bem como a umidade necessária.

O uso deste método é fundamental no manejo do solo sob à luz da conservação e melhoria de seus atributos físicos e hídricos, pois se utilizado implementos agrícolas, há aumento da compactação do solo de forma excessiva. E quando o procedimento é feito de maneira controlada e endossada por resultados de testes científicos, como o do ensaio, o efeito negativo das operações com máquinas é minimizado.

1 Graduanda em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP – Botucatu)

2 Graduanda em Engenharia Agronômica pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (UNESP – Botucatu)

3 Graduanda em Bacharelado em Agroecologia pela Universidade Federal de São Carlos (UFSCar-Araras)

 

Fonte: Assessoria de Imprensa
Fundação Mokiti Okada
Jornalista: Aline Pagliarini
MTB – 74428/SP