Candidatas a professoras de ikebana participam de processo seletivo em Curitiba e Porto Alegre

Por Aline Pagliarini, MTB – 74428/SP | 3 de abril de 2017

Entre os dias 9 e 11 de março, o presidente da Fundação Mokiti Okada (FMO), Miguel Bomfim, e a coordenadora nacional da Ikebana Sanguetsu, professora Maria de Lourdes de Oliveira Francisco, a Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS) para entrevistar as candidatas a professoras titulares para integrarem o setor Ikebana Sanguetsu, da FMO.

No dia 9, o processo seletivo ocorreu em Curitiba, onde três candidatas foram entrevistadas. Em 10 e 11, a entrevista foi em Porto Alegre com mais três pessoas. Na ocasião, Miguel Bomfim e Maria de Lourdes participaram da cerimônia do Hatsuike (“A primeira flor do ano”), em que foi confeccionado um arranjo de ikebana. A cerimônia representa o início das atividades anuais do setor. Também foram entregues os certificados dos alunos que concluíram os cursos de ikebana em 2016.

O presidente da FMO agradeceu às professoras, monitoras e alunos na formação do elemento humano através do caminho do Belo e explicou o significado da primeira flor do ano “No Japão, as primeiras flores nascem no começo de fevereiro, após o derretimento da neve. Mokiti Okada as colhia, fazia o arranjo floral e oferecia a Deus seu sentimento de gratidão”, conta.

Ao final do evento, algumas pessoas da plateia foram convidadas para participarem da montagem coletiva de uma vivificação floral.

O cantor nigeriano Lumi, finalista do programa The Voice Brasil 2016, fez uma apresentação.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação
Fundação Mokiti Okada
Jornalista: Aline Pagliarini
MTB – 74428/SP