Hatsuike marca início das atividades da Ikebana Sanguetsu

Por Aline Pagliarini, MTB – 74428/SP | 5 de fevereiro de 2016

O começo dos trabalhos da equipe Ikebana Sanguetsu, em 2016, foi marcado pela celebração “Hatsuike – A primeira flor do ano”, que é o agradecimento a Deus e à natureza pela missão concedida a cada um na formação de um mundo melhor. A atividade foi realizada em 30 de janeiro, às 15 horas, em São Paulo (SP), com a presença de cerca de 300 pessoas.

O primeiro arranjo floral do ano foi confeccionado pelo secretário do grupo, Erisson Thompson. Em seguida, as professoras responsáveis pelos grupos regionais do Brasil receberam aproximadamente 5 mil certificados que serão entregues aos alunos que cursaram aulas de ikebana, em 2015. Elas montaram um grande arranjo coletivo com bambus e flores, ao som do grupo musical, da Fundação Mokiti Okada (FMO).

O presidente da FMO, Miguel Bonfim, agradeceu aos organizadores do evento, leu a orientação de Ano Novo de Kyoshu-Sama, explicou a origem do Hatsuike no Japão e ressaltou novas diretrizes para o grupo Sanguetsu.

Ao final da cerimônia, foram distribuídos adereços carnavalescos para os convidados e foram tocadas marchinhas de carnaval.

A professora de ikebana, Silvana Maria Silva, de Itu (SP), afirma que é importante o contato com o grupo por meio do evento. “Isso nos dá força para continuar o trabalho com a flor e levar o melhor ao aluno”, diz.