Jovens participam de atividades do programa Educando para a Sustentabilidade

Por Aline Pagliarini, MTB – 74428/SP | 17 de dezembro de 2018

Para oferecer um dia de atividades e lazer contemplativo no Solo Sagrado de Guarapiranga, em São Paulo (SP), a Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade Socioambiental (SMASS), da Fundação Mokiti Okada (FMO), recebeu professores e cerca de 90 alunos, entre 12 e 16 anos, da Escola Estadual Rodrigues Alves, da capital paulista.

Ao chegarem ao local, os estudantes caminharam pelo Espelho d’Água, Praça da Felicidade e fizeram o gesto de Abraço Simbólico às margens da represa de Guarapiranga. Posteriormente, eles receberam lanches que foram fornecidos pela FMO e a Korin.

O grupo esteve na exposição de Agricultura Natural e seguiu para o auditório, a fim de participar das oficinas de horta caseira e de ikebana. Os alunos foram recepcionados pelo coordenador da SMASS, Fernando Augusto de Souza, e a professora Cleusa Cardoso os incentivou a definir um sonho e a acreditar na realização.

Antes de iniciar a atividade de horta, o biólogo Juliano Santos pediu aos alunos que se lembrassem dos alimentos saudáveis que comem no dia a dia, com o intuito de fazê-los entender as etapas pelas quais esses alimentos passam, desde o agricultor até chegar à mesa. Para isso, eles plantaram uma muda de alface e receberam orientações de plantio, cultivo e colheita.

A seguir, a professora de ikebana, Sueli Lessa, ministrou uma oficina de confecção de miniarranjos florais e destacou: “Ao montarem o arranjo, mentalizem alguém que precisa de amor e ofereçam a flor em prol da felicidade.”

Durante o dia, os alunos também correram, brincaram de pega-pega, rolaram na grama, saltaram em estrelinha e dançaram. As atividades realizadas têm o objetivo de sensibilizar, propor o contato com a natureza e despertar a consciência ambiental e de valores humanos.

SMASS

É o segundo ano consecutivo que o Solo Sagrado é escolhido pela escola, para levar os alunos ganhadores de uma gincana feita no decorrer do ano. Esta visita faz parte do programa “Educando para a Sustentabilidade”, da SMASS, que visa à sustentabilidade ambiental, econômica e social.