Presidente do IDPV alinha junto à FMO ações de congresso ambiental

Por Aline Pagliarini, MTB – 74428/SP | 27 de fevereiro de 2018

A Fundação Mokiti Okada (FMO) recebeu a nova presidente do Instituto o Direito por um Planeta Verde (IDPV), Ana Maria de Oliveira Nusdeo. A visita ocorreu, hoje, na capital paulista, e foram abordados detalhes sobre as atividades do 23° Congresso Brasileiro de Direito Ambiental, que será realizado, em maio, na sede da FMO.

Ana Maria foi recepcionada pelo presidente da FMO, Miguel Bomfim, e pelos representantes da Secretaria de Meio Ambiente Sustentabilidade Socioambiental (SMASS), da instituição.

No cargo desde junho de 2017, a presidente relatou sobre a escolha do tema do congresso: 30 anos da Constituição Ecológica – Desafios para a governança ambiental. “Este ano é peculiar, pois a Constituição brasileira completa 30 anos e ela foi importante para a área ambiental porque tem um capítulo que trata de muitas leis ambientais”, afirma.

Segunda ela, o tema também tem a intenção de abordar os três principais desafios da implementação das leis ambientais: conscientização da população; propostas de lei que reduzem a proteção ambiental e falha na fiscalização da aplicação das leis.

Congressos

Entre 26 e 30 de maio, haverá o 23° Congresso de Direito Ambiental; o 13° Congresso de Direito Ambiental dos Países de Língua Portuguesa e Espanhola e o 13° Congresso de Estudantes de Graduação e Pós-Graduação de Direito Ambiental, na sede da FMO, na Vila Mariana, em São Paulo (SP). Há mais de vinte anos, a instituição sedia as atividades dos eventos.

De acordo com Ana Maria, o IDPV é uma organização não governamental (ONG), e a parceria é importante para aumentar a força do instituto. “A FMO oferece um espaço que é maravilhoso e essencial para os congressos e encontro das pessoas”, afirma.

Mais informações sobre os congressos, acesse: www.planetaverde.org